terça-feira, 23 de maio de 2017

Aumente a sua imunidade!


Tomou antibióticos recentemente?


Se tomou antibióticos ou toma medicamentos diariamente, agora é uma boa altura para limpar e restaurar o equilíbrio do seu organismo. 
Os antibióticos, como deve saber, matam bactérias no nosso organismo e ajudam a combater infecções. Mas a desvantagem é que os antibióticos destroem também todas as bactérias "boas" responsáveis pela nossa imunidade e equilíbrio. 
O resultado é que, após o uso de antibióticos o seu sistema imunitário ficará debilitado, tornando-o propenso a novas infecções. 
O mesmo acontece com a toma continuada de medicação química por um longo período de tempo, o que acontece no nosso organismo é um acumulo de toxinas no fígado comprometendo também o bom funcionamento do nosso sistema imunitário (sistema de defesa do nosso organismo).
É por isso que recomendo tomar SEMPRE um probiótico após a toma de um antibiótico ou de medicação química, de forma a repor todas as bactérias "boas" na sua flora intestinal. 


 ALHO
O alho é um prebiótico. É como um alimento para os probióticos, ajudando-os a crescer. Pode consumi-lo cru, cozido ou em cápsulas.

MISO
É um alimento tradicional japonês feito de soja fermentada ou outros grãos usado em sopas e outros pratos.
Uma tigela quente de sopa de miso para uma refeição ou lanche todos os dias repõe a sua imunidade rapidamente.

Nas crianças é de vital importância a toma de probióticos após o uso de antibióticos, pois irá aumentar as defesas da criança para ser mais resistente a possíveis vírus e bactérias. Aconselho este em particular:


Se tiver alguma dúvida em relação ao probiótico mais indicado para si envie-me um email para wcanavarro@gmail.com
** Todos os produtos mencionados encontram-se à venda no meu espaço na Maia e também envio por correio CTT se preferir.
Visite o meu espaço na Maia - NATURALIS
Rua Padre António, 278 - Maia
(junto ao Fórum Maia / Estação de Metro)
229414651 / 965090409


** A partir de agora todos as consultas realizadas por mim são isentas de IVA e entram como despesa de saúde! **

Sem comentários:

Enviar um comentário