quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Plantas medicinais para a Rinite e Sinusite



Rinite


A rinite é a inflamação das mucosas das fossas nasais, que pode ocorrer devido a uma constipação comum provocada por um vírus ou pode estar relacionada com um terreno alérgico. No caso da constipação comum, a melhora é espontânea e dá-se ao fim de alguns dias. No caso da rinite alérgica, esta ocorre quando há uma maior exposição a factores alérgicos como o pólen, os ácaros, poluição ambiental, etc. Os sintomas de rinite alérgica são normalmente espirros, prurido (comichão) nasal, obstrução nasal com dificuldade ou impossibilidade de respirar pelo nariz, corrimento nasal líquido e transparente. 

Superalimentos


Bagas de goji, camu-camu, curcuma/açafrão das índias, erva de trigo, gengibre, pólen, spirulina

Para rinite por constipação comum


Tome 15 gotas em água três vezes por dia.

Utiliza uma colher de sobremesa da planta para uma chávena de água a ferver, deixe repousar 5 minutos. Beba três chávenas por dia.

Infusão de gengibre
Rale 1 colher de sobremesa de gengibre fresco descascado e coloque numa chávena com água acabada de ferver. Deixe repousar durante 15 minutos. Beba no mínimo 3 chávenas por dia.


Para Rinite alérgica


Infusão de gengibre
Rale 1 colher de sobremesa de gengibre fresco descascado e coloque numa chávena com água acabada de ferver. Deixe repousar durante 15 minutos. Beba no mínimo 3 chávenas por dia.

Infusão de Alteia
Utiliza 3g de raiz seca para uma chávena de água a ferver. Deixe repousar 10 minutos. Beba 3 chávenas por dia.


Homeopatia

Euphorbium Compositum Spray Nasal S  - à venda na no meu espaço na Maia - Naturalis, para mais informações contacte-me (wcanavarro@gmail.com)


Sinusite

A sinusite é uma inflamação das membranas mucosas nas cavidades paranasais. Esta inflamação agrava-se com a produção excessiva de mucosidade, devido à ingestão de lacticínios ou a uma alimentação deficiente, má qualidade do ar ou malformações nasais, pólenes,  poieras, fumo, humidade, poluição atmosférica ou outro tipo de alergias.

Os sintomas são pressão e dores de cabeça por cima dos olhos, sensação de inchaço no rosto, dor que piora quando se inclina a cabeça para a frente, dificuldade em respirar pelo nariz, dor de dentes ou sintomas de febre. A sinusite pode ser aguda ou crónica.

Plantas medicinais


Uma das plantas mais eficazes para aliviar ataques de sinusite é a flor de sabugueiro, mas também a equinácea, as malvas, o hidraste, o tomilho, a tanchagem ou a alfazema.


Aromaterapia

Faça inalações de eucalipto, pinheiro ou alfazema e evite a ingestão de lacticínios causadores de mucos.

A vitamina C é um anti-histamínico natural que ajuda a combater a inflamação nas cavidades paranasais causadas pela sinusite.


Tratamento

A Acupuntura e a Medicina Chinsa são bastante eficazes no tratamento de rinite e sinusite. Saiba mais aqui.






Ficou com alguma dúvida?
Coloque-a através dos seguintes contactos:
  • wcanavarro@gmail.com
  • Formulário de contacto (aqui)



quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Plantas medicinais para as vias respiratórias




Tosse


O Tomilho é uma excelente planta expetorante e antisséptica do aparelho respiratório, assim como o alcaçuz, a alteia, o funcho, as malvas, a equinácea, a flor de sabugueiro, o verbasco e o hissopo.

A hortelã-pimenta e o eucalipto são eficazes sobretudo em vapores e inalações.

A cavalinha ajuda a fortalecer o tecido pulmonar e fazia parte dos tratamentos antigo para tratar a tuberculose.


Remédio caseiro para a gripe com tosse e expetoração:

Associe uma colher de sopa de cada uma das seguintes plantas: Tomilho, Sabugueiro e Tília.
Coloque numa chávena de água fervida 15m em infusão e junte uma colher de mel e sumo de meio limão.


Aromaterapia


O óleo essencial de Mirra (“Commiphora myrrha”) tem como indicação terapêutica a tosse e a rouquidão. Em aromaterapia clínica é recomendado juntar ao xarope da tosse (de plantas medicinais comprado numa ervanária e não a um xarope comprado na farmácia!) duas gotas deste óleo essencial biológico.

Também é indicado para tosse, expetoração, dor de garganta e rouquidão que se dilua uma gota do óleo essencial de mirra em geleia de arroz e que se ingira 3 vezes ao dia. Deixe dissolver a geleia lentamente na garganta.

Os óleo essenciais para serem ingeridos devem ser de alta qualidade e biológicos.
Adquira-os aqui.


Afonia


Limão, mel, perpétuas roxas, alteia, alcaçuz, gengibre, equinácea, salva, tomilho e infusão de cascas de cebola. 

São também aconselháveis as inalações de eucalipto, alfazema e bergamota as quais poderão ser efetuadas com vapores da planta ou com água e algumas gotas de óleos essenciais. (poderá adquiri-los aqui)


Amigdalite 


A amigdalite é uma inflamação das amígdalas, normalmente causada por uma infecção bacteriana, que pode surgir isoladamente ou em associação com constipações e outras infecções do sistema respiratório. Os sintomas são normalmente dor de garganta com dificuldade em deglutir e podem estar ou não presentes sintomas como febre, mal-estar geral e dor de cabeça. 

Superalimentos

Camu-Camu, curcuma/açafrão-das-índias, erva de trigo, gengibre, pólen.


Aromaterapia


Eucalipto Eucalyptus globulus
3 gotas de óleo essencial de eucalipto misturadas em 10ml de óleo base. Massaje a zona da garganta com este óleo 2 vezes ao dia.

Plantas medicinais


Tome 15 gotas em água três vezes ao dia


Infusão de Alteia
Utilize 3g da raiz seca para uma chávena de água a ferver. Deixe repousar 10 minutos. Beba 3 chávenas por dia.

Infusão de gengibre
Rale 1 colher de sobremesa de gengibre fresco descascado e coloque numa chávena com água acabada de ferver. Deixe repousar durante 15 minutos. Beba no mínimo 3 chávenas por dia.
Se conseguir, masque ao longo do dia rodelas de gengibre e deixe que o seu suco escorra lentamente pela garganta. O gengibre é um anti-inflamatório muito eficaz.

Extrato concentrado de propolis
Tome 20 gotas em água morna, antesdo pequeno-almoço, almoço e jantar. 

Unha de gato em cápsulas (500mg)
Tome duas cápsulas depois do pequeno-almoço, almoço e jantar.


Uma forma eficaz de tratar rapidamente todos estes sintomas é fazer um tratamento de Acupuntura. O alívio é imediato, e na maioria dos casos, uma sessão é suficiente! Saiba mais aqui.


Assista o vídeo:









Ficou com alguma dúvida?
Coloque-a através dos seguintes contactos:
  • wcanavarro@gmail.com
  • Formulário de contacto (aqui)

domingo, 7 de agosto de 2016

Celulite | Como tratá-la? - a centelha asiática


Neste momento estou a tomar a Centelha asiática em cápsulas da Solgar e como os resultados têm sido muito bons resolvi falar um pouco mais sobre os benefícios desta planta.

Visivelmente estava a notar um pouco de celulite na zona das coxas e como há algum tempo não tomava a centelha asiática achei que estava na altura de a usar novamente. Passado mais ou menos 3 semanas (atenção que isto varia de pessoa para pessoa, eu estou só a falar do meu caso em particular) comecei a notar uma melhora significativa no aspeto da pele e como coincidiu com uma época de calor com temperatura bastante altas, notei também menos cansaço nas pernas, melhorando também a circulação venosa. 



O que é a Centelha Asiática?


Centelha asiática, sin. Hydrocotyle asiática L., é uma planta da Medicina Ayurvédica, também conhecida por Gotu Kola, nativa do Sudoeste Asiático e Austrália.

Ações:


Exerce uma ação sinérgica de melhoria da circulação no geral e no tecido conjuntivo em particular nas zonas onde está localizada a celulite. Estimula a função cerebral. Contém fitoesteróis com ação reguladora do sistema hormonal e taninos com ação cicatrizante e regeneradora dos tecidos.

Propriedades:


Reduz a Celulite pois regula a biossíntese do colagénio, restabelecendo a ligação entre o tecido conjuntivo e a corrente sanguínea, proporcionando assim a eliminação de gorduras acumuladas, toxinas e água. Na insuficiência venosa reduz o edema, dor, pernas cansadas e alterações na cor e textura da pele. trazendo muitas vantagens também para o doente diabético. 

Precauções:


Devido à sua ação emenagoga (estimulante da menstruação), não pode ser tomada durante a gravidez.

Infusão drenadora:


Potencie o tratamento, bebendo diariamente um litro e meio de água com uma colher de sopa das seguintes plantas: Chá verde, Ulmária, Dente-de-leão, Cavalinha, Pés-de-Cereja e Flores de Laranjeira.  (pode encomendar estas plantas aqui)



Se quiser saber mais sobre a celulite veja o post que escrevi sobre o assunto aqui.


Onde comprar?








Ficou com alguma dúvida?
Coloque-a através dos seguintes contactos:
  • wcanavarro@gmail.com
  • Formulário de contacto (aqui)


Celulite | O que é e como tratar?


Celulite . o que é e como tratar?


A celulite é uma acumulação de toxinas nos tecidos que forma bolsas de água, gordura e impurezas.

As causas podem ser má circulação, má alimentação, falta de exercício físico, stress, falta de oxigénio, retenção de líquidos, má drenagem linfática, desequilíbrios hormonais causados pela menopausa.

A ingestão excessiva de álcool, café e chá preto está na origem da da celulite. Levamos um estilo de vida bastante sedentário, consumimos excesso de açucares refinados, carnes e peixes engordados com hormonas, tomamos antibióticos e outros fármacos tóxicos para o nosso organismo e respiramos o ar poluído das cidades. Tudo isso se vai acumulando dentro de nós, nos tecidos da pele, nas artérias ou no fígado, que muitas vezes, não tem capacidade para metabolizar todos esses excessos.


Plantas drenantes


Utilize plantas drenantes, demulcentes antioxidantes, como o chá verde, que constitui um excelente drenante linfático, a bétula, a centelha asiática, o dente-de-leão, as urtigas, as sementes de aipo, a estigma de milho, o funcho, a flor de sabugueiro, a salsa o zimbro e as malvas.

As minhas preferidas: centelha asiática, dente-de-leão, videira vermelha, cavalinha.


Alimentação


A adoção de uma dieta quase essencialmente crudívora tem excelentes resultados, bem como a redução do consumo de carnes gordas e não biológicas, lacticínios, farinhas e açucares refinados, fermentos e cereais não integrais. Inclua na alimentação diária o consumo de algas, como a spirulina, mas dê preferência às algas europeias, já que isso constitui uma atitude mais sustentável. 


Dicas


No duche, para ativar a circulação, esfregue sempre o corpo com uma esponja esfoliante. Não use água muito quente, e, se conseguir, faça uma última passagem pelo corpo com água fria para estimular a circulação. 

As massagens diárias com óleos essenciais são muitos eficazes. (poderá comprá-los online aqui). 
Pode preparar o seu óleo de massagem usando um óleo base de grainha de uva ou outro, e acrescentar algumas gotas dos seguintes óleos essenciais: zimbro, orégãos, tangerina, laranja, limão, toranja, funcho, aipo, alecrim, cipreste e tomilho.

Os produtos à base de heras, centelha asiática e cavalinha também são eficazes.

Faça mais exercício físico. adquira uma boa postura, deixe de lado o stress, oxigene bem as células respirando ar puros e fazendo exercícios respiratórios, adquira bons hábitos alimentares, dando sempre preferência a produtos biológicos e certificados e, se possível, adquiridos e produzidos localmente. 


Tratamento


Aconselha-se a Acupuntura e a Mesoterapia Homeopática para o tratamento da celulite. Saiba mais aqui


Marcações de consultas:
Rua Padre António, 278 - Maia
📞229 414 651 / 965 090 409






Ficou com alguma dúvida?
Coloque-a através dos seguintes contactos:
  • wcanavarro@gmail.com
  • Formulário de contacto (aqui)